Longe dos olhos e perto do meu coração

Por Monique Negrão *

Amigo é quem está sempre ao alcance dos braços (e abraços) ou do coração? Ou as duas coisas? Ou coisa nenhuma? Tudo depende do acordo que você tem com seu amigo. Alguns não gostam muito de melação, mas estão sempre prontos para te oferecer palavras amigas. Alguns adoram abraçar e dar colo, mas não sabem confortar com palavras. Outros adorariam te dar colo e confortar com palavras, mas estão distantes, muito distantes. Mas, ao alcance das mãos. Geralmente do celular. Alguns podem condenar esse tipo de amizade em que os amigos não se conhecem fisicamente. Outros podem não se sentir confortáveis com a relação por intermédio de maquininhas, mas alguns (eu), se sentem extremamente felizes com amizade instantânea. Têm dias que você sente que só precisa de um abraço, ou de um olhar que conforte, mas alguns bairros de distância podem impedir isso enquanto o aparelhinho pode encurtar milhares de quilômetros. Quilômetros que se não fosse ele, jamais seriam vencidos e provavelmente você teria um amigo a menos para amar que mora lá no Japão. Por isso, tanto faz se você acabou de sair da casa da sua bff e ainda quer continuar falando com ela, ou se ainda não conheceu sua bff e ela mora em outro continente. Algumas vezes perto do coração é mais perto que logo ali do lado.
_____
* Monique Negrão é antropóloga, blogueira e foi colunista do site da revista Capricho
www.sorveteriaa.wordpress.com

(Visited 114 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *