Curitiba e Região Metropolitana começam o dia com tarifas mais altas

O reajuste tarifário deixa as passagens de Curitiba mais cara a partir de hoje. Em Curitiba, o reajuste da passagem foi de 12,1% e passou de R$3,30 para R$ 3,70.  A tarifa domingueira e o Circular Centro passam a custar de R$ 2,50 e a Linha de Turismo será de R$ 40,00 também foram reajustadas. A primeira

De acordo com a Prefeitura de Curitiba, a nova tarifa busca recompor o equilíbrio econômico-financeiro do sistema de transporte que vem sendo comprometido há mais de uma década pela defasagem entre o que é pago às empresas, chamada de tarifa técnica, e o que é pago pelo usuário.

“Este valor assegura a continuidade da integração com a região metropolitana. Todos os meses a Prefeitura de Curitiba vem desembolsando R$ 7,5 milhões para garantir que os passageiros da região metropolitana desembarquem nos terminais da capital e estações tubo pagando uma só passagem”, afirma o presidente da URBS, Roberto Gregório.

Degraus tarifários entram em vigor hoje em Curitiba e região. Foto: Ricardo Almeida
Degraus tarifários entram em vigor hoje em Curitiba e região.
Foto: Ricardo Almeida

A Região Metropolitana de Curitiba também sofreu reajustes em suas passagens. A Coordenação da Região Metropolitana de Curitiba (Comec) vai implantar quatro degraus tarifários na Rede Integrada de Transporte Metropolitana de Curitiba (RIT/M). As tarifas metropolitanas integradas passarão a custar R$ 3,70 (1º degrau), R$ 3,80 (2º degrau), R$ 3,90 (3º degrau) e R$ 4,70 (4º degrau).

As cidades de Campo Magro, Campo Largo, Araucária e Pinhais fazem parte do 1º degrau. São José dos Pinhais, Almirante Tamandaré e Colombo pertencem ao 2º degrau. Piraquara e Fazenda Rio Grande são do 3º degrau. Bocaiuva do Sul, Contenda, Itaperuçu e Rio Branco do Sul compõe o 4º degrau.

A passagem domingueira terá o mesmo valor que Curitiba, R$ 2,50.

(Visited 15 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *